Archive

Archive for the ‘Java’ Category

Instalando o JDK 6 RC no Linux e Waters no Brasil!

November 23, 2006 9 comments

Opa!

Vi que o blog teve uma quantidade razoável de pessoas procurando por instalação de plugins no Eclipse e utilização do Callisto. Espero que o blog tenha sido útil!
Caso algum desses perdidos que chegam por aqui procurando como solucionar suas dúvidas queiram, podem pedir ajuda, ou pelo blog ou mesmo mandando um e-mail.

Bom, pra quem já ouviu falar em Java, o lançamento da versão 6, Mustang, não é nenhuma novidade. Pois é, o ano tá acabando, mas a versão final deve sair antes de 2007, e por enquanto temos aí a versão RC (Release Candidate), que já está bala.

Entre as principais novidades, do lado do usuário, temos: desempenho melhor do HotSpot (diferença notável!) e, pra quem usa Linux como eu, integração melhor com do Swing com o visual do GTK. Agora o seu tema style Clearlooks-based vai ficar igualzinho mesmo nas aplicações Java.

Pra quem é desenvolvedor, as novidades ficam mais por conta das novas especificações do Java EE 5, que são tantas que nem vou entrar em detalhes.

Mas o objetivo do post é mostrar como instalar o JDK 6 RC no Linux. Vamos lá.

1) Baixe o arquivo self-extracting do JDK.
Para isso, entre em http://java.sun.com/ e clique no link Java SE 6 RC, no menu à sua direita. Escolha a versão que quer baixar, JDK 6 para desenvolvedores, JRE 6 para usuários. Clique no botão download. Aceite a licença e comece o download. O JDK não chega a 60 MB, enquanto o JRE não chega a 20.

2) Extraia o conteúdo do arquivo para a pasta que preferir.
Copie o arquivo baixado para o diretório que quiser extrair o conteúdo e execute-o. No meu caso:
# chmod +x jdk-6-rc-linux-i586.bin
# ./jdk-6-rc-linux-i586.bin
Digite yes para aceitar a licença de uso e será criado após o processo uma pasta com o nome jdk1.6.0

3) Crie links simbólicos para a JVM e para o compilador:
No meu caso, descompactei o conteúdo do arquivo em /opt/java, então:
# ln -sf /opt/java/jdk1.6.0/bin/java /usr/bin/java
Para o compilador (somente JDK):
# ln -sf /opt/java/jdk1.6.0/bin/javac /usr/bin/javac

4) Registre o jdk como opção padrão:
[Não parece, mas tem dois – antes de install e de config]
# update-alternatives –install /usr/bin/java java /opt/java/jdk1.6.0/bin/java 1
# update-alternatives –config java
Escolha a opção do JDK 6 e pronto :)

5) Instale o plugin do JRE para seu navegador:
Simplesmente crie um link simbólico, como a seguir:
# cd /usr/lib/firefox/plugins
# ln -s /opt/java/jdk1.6.0/jre/plugin/i386/ns7/libjavaplugin_oji.so

6) Teste a instalação:
$ java -version
java version “1.6.0-rc”
Java(TM) SE Runtime Environment (build 1.6.0-rc-b104)
Java HotSpot(TM) Client VM (build 1.6.0-rc-b104, mixed mode, sharing)

Qualquer dúvida só perguntar!

—————————–

Mudando de assunto…..
Roger Wates no Brasil ano que vem!!!!!!!!!
Será que eu vou ter $$$ pra ir?
Putz se der eu quero ir!!
Vai tocar em São Paulo no dia 23 de Março e no dia 24 no Rio!

Who was dragged down by the stone????

Categories: Java, Linux, Music, Portuguese

Java Livre!

November 14, 2006 1 comment

Já era esperado, já tinha sido anunciado, mas mesmo assim muita gente ainda desconfiava…
Seria mesmo a Sun capaz de liberar o código do Java?

Bom, ela foi. O código do JDK, compilador, HotSpot, ME, entre outros, foi aberto. E sob a GPL2, a mesma licença do Linux.

E a Sun, claro, não fez isso porque ela é boazinha e quer virar hippie. Algumas pessoas fazem isso, é verdade, mas são poucas.

 

retirado de http://www.tiobe.com/tpci.htm

É só olhar para três linhas (Java, PHP e Python) e entender [quase] toda a história.

Ah, e realmente faltou creditar o Pacu, que pos o Planeta Comp no ar! Valeu por lembrar, gaúcho!

¬¬ Maldito editor que não me deixa usar o delete….

Categories: Java, Linux, Portuguese

Callisto pra instalar plugins no Eclipse

November 14, 2006 2 comments

Tava atualizando uns plugins aqui ontem no Eclipse e me lembrei de um professor meu…
Esse professor disse uma (e não mais que uma) vez que teve uma aluna que não conseguia por nada no mundo instalar plugins no Eclipse, e que ela tinha tentado oito vezes, e já estava arrancando os cabelos de raiva já. E olha que é super simples: basta descompactar e sobrescrever a pasta do Eclipse.

Acontece que às vezes não funciona mesmo.. mas se você tem certeza que fez tudo certo, tente iniciar o Eclipse com o argumento -clean, se não funcionar o problema é literalmente seu mesmo, ou seja, tá fazendo algo errado.

Bom, mas nem só mulheres, as que são alunas desse professor especificamente, têm problemas pra instalar os plugins do Eclipse. E foi pensando nessas pessoas que resolveram inventar o projeto Callisto: um instalador/atualizador de plugins pro Eclipse fácil fácil de usar.

Primeiro, claro, você precisa ter o Eclipse. E pode ser a versão crua mesmo, que você acha aqui:

http://www.eclipse.org/downloads/

Basta descompactar o arquivo, por na pasta que você achar que combina mais e pronto. É só executar o eclipse[.exe] pra ser feliz.

Tá, agora você já tem o Eclipse, mas todo cru, sem plugins pra web, bd, java ME, swing, etc..
Calma, é aí que entra o Callisto.
Vá em Help->Sotware Updates->Find and Install->Search for new features to install->Next
E você deverá estar em uma janela como esta:

Você pode ou não escolher para que ele selecione automaticamente os mirrors para downloads. Se você preferir escolher na mão (ele irá te perguntar várias vezes qual mirror você quer usar), escolha sempre sites brasileiros quando disponíveis. Caso nenhum esteja, escolha sites americanos. Pode parecer meio preconceituos rejeitar os mirrors sul-africanos, mas por experiência própria: pacotes demoram muito mais pra atravessar o atlântico do que descer as américas de motoca.

Continuando, marque o Callisto Discovery Site e clique em Finish. Escolha (ou não) o mirror que você quer usar. Você vai sair numa janela assim:

Pronto, agora basta escolher quais plugins você quer instalar.
Eles estão separados em categorias, por exemplo, o VE (Visual Editor), está dentro de ‘Graphical Editors and Frameworks’. Depois de escolher todos que você quer instalar, clique em ‘Select Required’ e as dependências para os plugins que você escolheu serão automaticamente selecionadas.
Agora é só terminar e seus plugins serão baixados e instalados automaticamente, enquanto isso você pode continuar trabalhando no Eclipse. Quando a instalação terminar, você provavelmente terá que reiniciar a IDE.

Detalhe: nem todos os plugins disponíveis para o Eclipse estão disponíveis através do Callisto, mas os mais conhecidos e utilizados estão.

Espero que as moças da computação não precisem mais ficar carecas pra usar o Eclipse!

É isso por agora, té mais!

Follow

Get every new post delivered to your Inbox.