Home > Linux, Portuguese > Linux, blogs, etc

Linux, blogs, etc

Opa!

Então, hoje eu tava fuçando por aí e vi um blog de um rapaz meio triste. Ele diz que gosta de software livre, que usa Firefox, OpenOffice, etc; mas que não conseguia usar Linux. Ele parecia meio chateado por ter tentado instalar o Ubuntu na máquina dele e não ter conseguido se virar sozinho.

Bom, eu uso praticamente só Linux hoje em dia, e estou satisfeito com o que consigo fazer. Mas quando comecei a usar não foi fácil, como vocês já devem imaginar.

Porém… eu me lembro ainda de quando ganhei meu primeiro computador. Eu me lembro de quando formatei o hd e instalei o Windows 98 pela primeira vez. E mais, me lembro dos dias que sofri instalando/desinstalando codecs de vídeo pra assistir Shaolin Soccer no computador.

E olha só, eu usava Windows…
Vejam bem, não estou dizendo que usar Windows é tão difícil quanto usar Linux. Estou dizendo que Windows também não é mole mole quenem gelatina. Dependendo do que quiser fazer, você pode sofrer também…

Olha só o exemplo da Manuela: ela queria ouvir mp3 no Linux, aí não tinha codec: teve que instalar o codec de mp3 (o que ela com certeza não precisou fazer no Windows).
Mas aí ela queria muito muito ouvir umas músicas do The Bangles, (uma banda só de mulheres, de umas décadas atrás, que cantam ‘Eternal Flame’). Aí ela achou várias músicas dessa banda mas, estava em formato ogg :S

Ogg? Alguém já ouviu falar nisso? Se você sempre usou Windows provavelmente nunca ouviu, mas é um formato livre de áudio, que se não me engano atinge taxas de compressão melhores que o próprio mp3. O que aconteceu? Ela só conseguia ouvir as músicas no Linux. No Windows ela teve que correr atrás de codecs, não achou, teve que instalar um player só pra ouvir ogg.

Moral da história: quando você aprendeu a usar Windows, você tinha que correr atrás de como fazer as coisas porque não tinha outra opção. Agora se você tiver que correr atrás de algo pra fazer no Linux, você tem a opção do Windows. Mas não desanima não, po! É fácil [a não ser que você queira instalar um winmodem…], e tem um monte de gente por aí pra ajudar. A comunidade Ubuntu brasileira por exemplo é bem grande, e é uma distro fácil, for human beings.

Tem um bocado de gente ao meu redor dizendo que tão querendo instalar Linux pela primeira vez e não sei o que… Bem, problemas vocês vão ter, claro, é um SO novo, que não imita o Windows, tem suas próprias características, é necessário se acostumar a algumas coisas, mas vale a pena. Vale mesmo? Bem, isso é assunto pra outro post. No meu caso, acho que valeu sim!

Categories: Linux, Portuguese
  1. Manu
    November 22, 2006 at 20:41

    Esse post eu sou obrigada a comentar porque além de ser a ESTRELA do dia, eu li até o fi-nal-zi-nho.

    Eu sou a avor das pessoas migrarem pro Linux, ou pelo menos experimentarem, mas eu tenho as minhas condições básicas:

    Primeiro: Tem que ser em um PC com internet. Sem net, não rola…

    Segundo: Algum colega, amigo, alguém próximo pra ajudar nos pepinos que sempre dão no início.

    Esse segundo item eu não obrigatório não, pq pode estar incluso no primeiro.
    “Pode estar”porque se não existe muita familiarização com foruns e etc, não ajuda muito não…

    Mas se nao conhece foruns, email, orkut e etc, eu não sei pq essa pessoa teria internet…
    E se uma pessoa não usa internet, eu não sei pq ela usaria um computador, e nao sei pq teria linux..
    Claro q tem as excessoes……. Eu tou falando dos leigos… fora do “Planeta Comp” hehehe

    Um beijão

    t+

  2. November 22, 2006 at 21:00

    Eu comecei a minha transição de windows para linux há uns 6 anos, mas no começo não foi muito suave. Por três anos tive que ficar no dual boot (e trocando bastante) mas faz uns bons 3 anos e pouco que o linux é o SO principal (Debian até 5 meses atrás, Ubuntu agora). Eu até entendo quando algumas pessoas reclamavam antigamente, mas hoje em dia tá ficando cada vez mais difícil achar motivos para não usar um Ubuntu ou um Fedora da vida ao invés do Windows.

    E, concordando com a Manu aí em cima, geralmente o enrosco tá na segunda condição básica: apesar de, em geral, pessoas que mexem com linux se disporem a prestar aquele suporte técnico amigo, ainda não são muitos que tem acesso a um desses seres iluminados =D

    Mas tá melhorando. Um dia a gente chega lá.

  3. November 23, 2006 at 09:31

    Pois é, Gaúcho.
    Mas quenem, a comunidade do Ubuntu é bem prestativa e grande no Brasil. Isso quer dizer: ajuda na internet em portugues. O que querendo ou nao era mais dificil antes, e ainda eh dependendo da distribuição q vc usa.

    Eu tb fiquei nessa do dual boot por um tempo, mas soh migrei de vez pro Linux a cerca de um ano atrás, e fiz o caminho contrário que fez: usava Ubuntu, agora uso Debian (no lab). Em casa ainda uso Ubuntu ^^

  4. Fi
    March 8, 2007 at 11:05

    Fala fi!!
    Tô lendo o seu blog inteiro, hehe… Como é que vc nunca me fala que tinha um blog, hein :)?

    Tô pensando seriamente em botar um Linux lá em casa. Esse tal de Ubuntu aí, provavelmente… Só espero que tenha tantos atalhos de teclado quanto o Windows, senão é 0% de chance de eu me acostumar :)!

    Falous!!

  1. No trackbacks yet.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: