Home > Art, Portuguese > Alvoroço

Alvoroço

Dizem que quando a ponta de um espinho
agride alguma célula da pele,
as células do tecido vizinho
aprestam seus núcleos em torno dele.

talvez o mesmo efeito se revele
se em lugar de agressão for um carinho
a arrepiar algum ponto da pele
– um beijo, por exemplo, não espinho.

Carinho ou agressão chama a correr
alvoroçadas reservas do ser
a tais toques de alarma ou de desejo.

Talvez não seja mais que uma impressão
mas – toda vez que vou beijar-lhe a mão,
sinto-a vir por inteiro à mão que beijo…


Geir Campos

Categories: Art, Portuguese
  1. No comments yet.
  1. No trackbacks yet.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: